«

»

Como trocar a junta da tampa de válvulas

Realizar este serviço é bem simples e BARATO !

Vamos detalhar os passos para um Motor F2N, mas o procedimento é muito parecido para qualquer outro modelo.

Como saber quando trocar a junta?

Isto não faz parte do serviço de manutenção de um veículo, deve-se trocar quando a mesma se rompe apresentando vazamentos.

Para saber quando é necessária a troca, devemos olhar a região onde estão as porcas. Se a região apresentar vazamentos ou manchas de óleo que provem da parte superior do motor (a tampa de válvulas), é porque efetivamente a junta esta danificada ou se ressecou. O óleo sobre as porcas produz falsos contatos, obtendo-se uma ignição defeituosa e uma perda de potência considerável.

Materiais Necesarios:

  • Junta da tampa de válvulas;

  • Tampa de óleo (opcional)

  • Chave de 8mm

  • Chave ponta Torx-30 ou 27

  • WD-40

  • Um pouco querosene;

  • Trapos.

Um dia antes do serviço, aplique um pouco de WD-40 nas porcas que sujeitam a tampa de válvulas, e também os parafusos da tampa do distribuidor. Desta forma, no dia seguinte, vão sair bem mais fácil e vamos evitar de romper as ponta das ferramentas, ou mesmo estragar os parafusos e porcas com força excessiva.

Para começar, é cômodo retirar a barra estabilizadora, e também o cabo do acelerador. Se não quiserem, não há muito problema.

Será necessário retirar as mangueirinhas que passam por cima da tampa do motor, as quais estão presas por abraçadeiras.

É importante também retirar a tampa do distribuidor (3 parafusos cabeça T-30) e o rotor e limpar TODOS os contatos com WD-40. Também importante limparmos os contatos dos cabos, assim evitaremos que se oxidem.

Aqui podemos ver uma foto de como deve ficar.

Comecem retirando a tampa de válvulas puxando-a levemente para acima, se estiver colada, apliquem alguns golpes com a mão até que se descole. Quando a retirarem, tenham cuidado que não caiam pedaços de junta ou qualquer outro tipo de sujeira dentro do motor e nem respingue óleo nas outras partes do motor.

Aqui podem ver que já foi removida a tampa de válvulas e do distribuidor.

Agora, com um pedaço de trapo umedecido em querosene, comecem a limpar todas as bordas onde apóia a junta, os deixem perfeitamente limpos, sem uma gota de óleo e nenhum pedaço de borracha ou junta. O óleo forma um filme muito pequeno entre dois materiais, por isso é muito bom lubrificante, mas em nosso caso não queremos que fique nenhum filme entre a junta e a tampa de válvulas.

Retirem a junta velha da tampa e limpem bem todas as bordas da tampa de válvulas, tem que ficar impecável, sem uma gota de óleo.

Com a tampa já limpa, coloquem a nova junta nela.

Agora vem a parte mas difícil, mas nem por isso impossível de se fazer, armar tudo outra vez!

Se tiraram a tampa do distribuidor para sua limpeza, este é o momento do colocar novamente.

Coloquem a tampa em seu lugar, PRESTEM ATENÇÃO QUE A JUNTA NÃO ESCAPE DAS GUIAS!

Uma vez que tenham certeza que a junta ficou perfeitamente colocada, coloquem as porcas de 8mm que sujeitam à tampa de válvulas, mas as ajustem a “mão” simplesmente.

Comecem a ajustar lentamente as porcas, primeiro as do meio e depois as pontas, e observem se a junta permanece em seu lugar, senão, retirem as porcas e revisem se ficou colocado corretamente.

O ajuste final não têm que ser muito forte porque se não danificamos a junta, e também não tem que ser muito frouxo, porque senão teríamos vazamento de óleo.

Antes de remontar tudo de novo e sair para um passeio, limpem a tampa dos cilindros, para tirar todo o óleo e sujeiras que possivelmente tiver. Desliguem os cabos que vão às velas e limpem suas pontas, se têm a chave necessária para tirar as velas, as retirem e as limpem com gasolina e um pincel. Limpe os contatos dos cabos com WD-40 para evitar corrosão.

Agora podemos conectar todos os cabos e mangueirinhas que soltaram no começo do trabalho. Podemos sair e dar umas voltas, alguns minutos depois o motor atingirá a sua temperatura de trabalho, não pise muito forte e nem ante devagar demais. De forma normal e depois retornem e revisem se teve perdas de óleo pelas bordas da junta; se teve, ajustem-na novamente.

Uma coisa que pode acontecer é que também esteja ressecada a borracha da tampa do motor, e então não esteja vedando bem, ocasionando os vazamentos. Se observarem vazamentos pela boca da tampa, simplesmente compre outra.

Esperamos que tenham gostado!

11 comentários

  1. Hebert disse:

    Valiosas dicas, muito utéis e bem explicadas. Com certeza ajudará muitas pessoas, assim com eu.

  2. ANTONIO CARLOS disse:

    Boa tarde.
    Eu gostaria de saber se eu devo colar a junta na tampa ou no bloco do motor

  3. helio disse:

    muito bom a informação, so faltou umas fotos melhor do serviço………..

  4. Agostinho Tadeu disse:

    Boa tarde!!
    gostaria de saber como que eu troco o cabo da embreagem Scenic Ano 2000 mod 1999 / 2.0 8v .

  5. carlos disse:

    show de bola, bem explicado!

  6. João Mendonça disse:

    Boa tarde, Gostaria de saber se pode colocar algum tipo de cola na junta da tampa de vávulas.

  7. willian m noqueira disse:

    retirar vazamento de oleo de motor da tampa e do comando de valvulas do vectra 16v retirar tambem a duvida de se usar ou nao cola para montagem desta junta des dew ja meu muito obgdddddddd

  8. hevandro fonseca disse:

    como troco a junta do distribuidor do renault 19 ta vazano mto oleo

  9. jones de borba padilha disse:

    gosti ,foi muinto util com um pouco de cnhecimento e atençao evitamos gastos desnecessario

  10. Ivonel disse:

    Gttt

  11. marcos disse:

    quanto tempo leva pra trocar uma correia dentada do renout scenic 2004 16 valvulas, quebrou a correia tem que mecher nas valvula também?

    obrigado

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>