,

Vazamento no sistema de freio

O burrinho mestre a qual se refere é o cilindro-mestre dos freios (até hoje não descobri de onde vem esse apelido) e ele pode ser responsável por vazamentos sim, que pode ser externo (perceptível na visualização) ou interno. Quando há vazamento interno, existe a possibilidade do fluido estar passando para dentro do servo-freio.

Para identificar se o vazamento é no cilindro-mestre é muito simples. Basta isolá-lo do restante do circuito e fazer o teste.

Isolando o cilindro-mestre do circuito
Fazendo a sangria do cilindro-mestre

Desligue as tubulações que estão conectadas ao cilindro-mestre. Feche os orifícios com um sangrador que tenha a medida da rosca. Faça a sangria do cilindro-mestre para eliminar o ar acumulado.

Feito isso, acione o pedal (aplicação de força moderada) e aguarde. Se o pedal ceder, há problemas de vazamento interno ou externo no cilindro-mestre. Caso não ceda, o problema estará num outro ponto do circuito.

Vá ligando uma tubulação por vez, repetindo o processo. Em qual tubulação ceder, estará o problema.

Obs: Muitas vezes o pedal poderá ceder sem que haja vazamento no sistema hidráulico. Isso poderá ocorrer quando os tubos flexíveis dos freios estiverem com problemas e, ao se acionar os freios, devido a elevação da pressão no circuito, eles se dilatam, fazendo com que o pedal tenha o seu curso alterado.

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *