,

10 Dicas Para Uma Boa Manutenção do Carro

Manutenção do Carro

Recentemente fiz um curso básico em mecânica de automóveis para que eu pudesse tornar-se mais especialista. Além disso, eu queria se relacionar com meu filho adolescente. Hey, eu não cresci fazendo cavalinhos em estacionamentos ou dirigir em torno sob o capô, o aprendizado de reparação de automóveis. Isso tudo era novo para mim.

Nosso professor Vittorio Principe, que é dono de Reparação Vittorio Auto no Bronx, Nova York, chamou o manual do proprietário para nossos veículos a “bíblia esquecida” e usou-o como nosso guia básico de reparação automóvel. Tendo anteriormente visto o manual do proprietário como um livro de grandes dimensões que foi muito complicado, fiquei muito feliz ao saber que ele era ao mesmo tempo fácil de usar e cheio de informações valiosas.

Principe, que sintoniza Ferraris de Michael Schumacher e hospeda o programa de áudio Lab Auto,, como me para o que você deve (e não deve) procurar quando precisar de serviços de reparação automóvel. A seguir, 10 dicas para você começar, em nenhuma ordem particular, porque todos são úteis:

1- Dog-ear o manual do proprietário.

Sim, é a bíblia do seu carro! Saber onde encontrar informações rapidamente pode ajudar na identificação de causas quando o problema surge. Você pode até ser capaz de evitar uma ida ao mecânico de automóveis, em primeiro lugar, se você descobrir que o seu “problema” resultou de não entender os controles do seu carro. Além de conhecer a marca e modelo do seu veículo, ele também ajuda a ter o nível de acabamento específico na mão para o técnico de serviço, como que, muitas vezes identifica o tamanho do motor e configuração, transmissão e outras características incluídas que variam de acordo com a linha de modelo. Esteja ciente de sua pintura exterior e códigos de cores interiores no corpo caso ou reparação de estofos é necessário. Mantenha o seu número de identificação do veículo (VIN) disponíveis, como este código provavelmente será necessária durante a programação de serviço.

2- Decidir entre oficina genérica e serviços na própria concessionária.

Técnicos na concessionária são especialistas; Eles são treinados pelo fabricante e, normalmente, trabalham exclusivamente em seu make de veículo. A maioria dos comerciantes tem um programa de formação contínua para o pessoal de serviço, que inclui não só os técnicos de serviço, mas também o gerenciador de serviços, consultores e pessoal de apoio. (Consulte “Funções da concessionária de serviço Staff … Quem faz o quê”). Mas o departamento de atendimento ao revendedor é geralmente a rota mais caro.

E isso não significa que os concessionários têm sempre os melhores técnicos. Muitas instalações de serviços de reparação automóvel independentes são iniciados por funcionários de revenda anteriores que querem operar sua própria loja de reparo. Para ajudar a decidir o que é certo para você, consulte “Canto Garagem vs. Comerciantes Departamento de Serviços”.

3- Mantenha seus registros em ordem, e levá-los com você.

Têm registros disponíveis em tudo que você faz para manter seu carro – e mantê-los no carro, se possível. Registros bem conservados pode ser fundamental para diagnosticar corretamente um problema veículo pela primeira vez. Registros incompletos podem levar a reparos de automóveis redundantes que desperdiçam seu tempo e dinheiro. Um veículo com uma história de serviço de reparo bem documentado também diz a seu mecânico que você valoriza o trabalho de primeira linha nos intervalos recomendados, e tem feito a sua parte para manter seu veículo em forma tip-top.

4- O técnico treinado em seu veículo específico fazer?

Carros e caminhões de hoje são máquinas extremamente complexas, e as suas características únicas variam muito de marca para marca. Fazendo com que seu técnico tenha obtido a formação adequada para o seu veículo específico é crucial, já que ferramentas e procedimentos especiais – muitos dos quais não estão facilmente disponíveis para a “média” mecânico de automóveis – são obrigados a atender corretamente seu automóvel.

5- é o técnico de serviço A.S.E. certificado?

Duas vezes por ano, o Instituto Nacional para Excelência de Serviço Automotivo oferece aos profissionais da indústria de serviços auto a chance de tornar-se certificados pela ASE. Ao passar um teste escrito e com pelo menos dois anos de experiência profissional em serviço de reparação de automóveis, mecânica de automóveis ganhar ASE certificação, colocando-os entre os principais profissionais da indústria. Indagar sobre A.S.E. credenciais são importantes, como a designação melhor assegura a competência de seu potencial mecânico de automóveis.

6- Informe-se sobre as taxas de fixação de preços e de trabalho.

Antes de entregar as chaves do seu departamento de serviço, certifique-se de determinar a taxa de trabalho. Lojas tipicamente postar a taxa em local visível, para estar atento e fazer perguntas se você está confuso. Certifique-se de compreender a maneira pela qual você será cobrado para uma reparação de automóveis. Muitas lojas faturar de acordo com os tempos de reparação estimados estabelecidos pelo fabricante. Um reparo que a tecnologia do serviço considera “menor” poderia realmente ser um trabalho durante todo o dia de acordo com as especificações do fabricante.

7- perguntas. Muitos deles.

Não se deixe intimidar. Faça perguntas sobre por que algo precisa de conserto ou como uma tecnologia funciona. Como cliente, você tem o direito de se tornar mais instruídos sobre o seu veículo.

8- Pedido de Peça OEM (SIMILARES)

Sempre que as peças precisam ser substituídas, não se esqueça de solicitar componentes OEM genuínas ao invés de peças genéricas. Manter especificações exatas do fabricante é importante para alcançar o desempenho ideal. O fascínio baixo preço de peças de reposição, muitas vezes solicita que os clientes renunciar qualidade OEM, mas gastar os dólares extra em equipamentos homologados pela fábrica agora pode fazer uma grande diferença na estrada, especialmente em termos de longevidade do veículo.

9- Ignorar o mito do de 100.000 km é para revisão completa.

“Isso não existe”, afirma Principe. “Cada veículo tem uma agenda de revisão específica recomendada pelo fabricante. Quanto mais você manter os sistemas de limpeza, melhor o veículo será executado.”

Variações no clima e estilo de condução também ditam a necessidade de manutenção. Pendulares em condições empoeiradas do deserto rapidamente entupir filtros de ar, ao dirigir curtas distâncias repetidamente podem desgastar-se o sistema de escape, como a umidade nunca é completamente evacuado. Condições extremamente quentes e frios requerem mais atenção ao fluido do radiador e óleo do motor.

10- Olhe para os sinais de alerta.

Por último, tendo em um carro por serviço é sempre um caso de Advertência Comprador – deixe o comprador beware. “Se um mecânico de automóveis não olha você nos olhos, fala de velocidade ou tenta escovar-lo fora – cuidado”, observou Principe. “Ele quer tentar esconder alguma coisa ou está apenas interessado na recepção no final da semana.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *