Como funciona o seguro de carros?

Podemos perceber que, hoje em dia quem possui um carro tem que ter um seguro, devido as circunstancias em que estamos inseridos em nosso dia a dia, como assaltos, roubos e acidentes inesperados, podendo estes serem graves ou não e o mesmo serve para protege-lo desses riscos. É neste momento em que percebemos a necessidade do seguro de carros e o quanto o mesmo é importante.

Por isso surgem várias dúvidas comuns e frequentes sobre este assunto e aqui tentaremos sana-las.

Como funciona o seguro de carros?

Como fazer para colocar o seu carro no seguro?

Primeiramente você deve achar um corretor de seguros, o mesmo é quem irá procurar uma seguradora boa e confiável que lhe dará toda a assistência necessária, a qual você pagará o prêmio do seguro, que na verdade é o valor a ser pago. Fique atento as seguradoras de seguro de carros, pois a que você escolher tem quem ser regularizada pela SUSEP. Caso tenha qualquer dúvida a respeito de seu seguro de carro, o seu corretor poderá lhe ajudar.

 Do que o seguro protege o seu carro?

O seguro de carro pode proteger o seu veículo dos seguintes riscos:

-Roubo / Furto

-Colisões

-Alagamento

Além de oferecer assistência 24 horas como guincho e chaveiro por exemplo.

O que o seguro cobre

O seguro é somente para o carro?

 Não, o seguro além de proteger o seu carro também pode proteger outras pessoas. A cobertura de APP, protege passageiros em situações de acidente que gere invalidez e até mesmo caso de morte.

O seguro pode cobrir também o risco de terceiros, ou seja, caso venha a colidir em outro veículo acidentalmente e provoque danos físicos a vítima, o seguro irá arcar com tais danos. Tudo depende das cláusulas em que sua apólice foi feita e o que ela cobre. Mas, não se esqueça, o seguro para terceiros é tão importante quanto o seguro do carro.

Dica:

Quando for escolher o seguro, analise todas as propostas e os benefícios oferecidos, além dos preços cobrados, os quais podem vir a variar de seguradora para seguradora, ou seja, algumas podem ser mais caras e outras mais em conta e ambas cobrirem os mesmos requisitos. Por isso, antes de fechar qualquer negócio para o seguro de seu carro, pesquise antes.

Preste atenção nas apólices nele escolhidas, pois o valor do seu seguro irá variar de acordo com a característica de cada motorista.

Como ganhar descontos no seguro do carro?

Algumas seguradoras oferecem descontos para reduzirem o preço de seu seguro. Por exemplo se caso o seu carro possua travas elétricas e alarmes você pode conseguir um certo desconto, mas, para conseguir algo mais significativo, não basta somente estes itens, as seguradoras estão pedindo placas antifurtos, que são colocadas no chassi do carro. Com isso você poderá ganhar algum desconto no seguro de seu carro.

Questão de indenização:

A asseguradora vai se comprometer pagar a você uma indenização, caso o seu bem assegurado, ou seja, seu carro, venha sofrer algum sinistro sendo grave ou não este, ou até mesmo venha a ser furtado.

Com tudo isso percebe-se que o uso do seguro em seu carro é algo essencial e com ele você pode evitar problemas futuros, talvez não seja algo aquisitivo tão em conta, mas, se supormos que o seu carro venha a ser roubado ou sofra um acidente o qual o mesmo é dado como perca total, você terá que comprar outro e não terá nenhum alicerce para isso, além de perder o que já foi pago ou o que estava sendo pago, sendo assim, talvez o seguro seja mais em conta por este ângulo de vista. Mais se preferir, pode deixar o seu carro sobre a “proteção divina” e correr o risco de perde-lo todos os dias, além dos outros benefícios que poderia lhe garantir maiores seguranças com o seguro de seu carro, por isso, pense bem, pois agora o valor a ser pago pode aparentar não compensar, mais depois que algo ocorrer você poderá se arrepender.

Você quer saber um pouco mais sobre seguros, especialmente se for para seu carro novo, veja aqui nesse outro post muito interessante.

Como funciona o seguro para carro zero

O seguro para carro zero funciona da mesma forma do que o seguro para carros normais. De fato o que irá mudar a questão dos valores do seguro, serão a características do motorista, ou assegurado.

Como assim? É fácil entender, o valor a ser pago do seguro para cada pessoa pode variar muito, mesmo sendo seguros direcionados em carros iguais.

Como funciona o seguro para carro zero?

Quais são os requisitos das características de cada um, que podem alterar significativamente o valor do seguro do carro a ser pago?

Os valores a serem pagos se baseiam na apólice:

– Tipos de carro (o seguro de um carro esporte é bem mais caro do que o seguro de um carro Sedan familiar por exemplo).

-Veículos de auto índice de roubos, como por exemplo carros da volkswagen o “Gol”, outros como “Parati”. Segundo pesquisas os carros da “Chevrolet” são os que possuem menor índice de carros roubados.

-Onde você vive, mora ou reside também conta bastante, pois se for um local com alto índice de acidentes, vandalismos ou ate mesmo furtos e roubos o valor do seguro de seu carro também irá aumentar.

– A frequência com que dirige, ou seja, se pega muita estrada ou se utiliza de mais do carro.

-Se não possuir garagem, também aumenta o valor do seguro do seu carro.

-Idade, ate 25 anos paga-se mais no seguro de seu carro, pelo fato da inexperiência com o a carta.

-O sexo também influência, se for homem dirigindo o valor do seguro sera mais alto, pelo fato de considerarem que os mesmos são mais imprudentes.

-Estado civil, quem é solteiro tende a frequentar mais baladas e estar mais expostos á riscos, isso também aumentara o valor do seguro de seu carro.

-Por fim, histórico da direção, caso já tenha batido o carro outras vezes, atropelado alguém ou tenha cometido multas, isso ira acarretar em um valor maior de seu seguro.

São todas essas características que indicam o valor que cada um pagará em seu seguro, além do fato de que depende de cada seguradora também no requisito valores.

Pagamento do seguro:

Sempre efetue o pagamento do seguro de seu carro na data correta de seu vencimento, não deixe de pagar ou atrase os pagamentos, pois se isso vier ocorrer a seguradora pode cancelar o seguro do seu carro e lhe “deixar na mão”, pois o seu carro estará sem cobertura podendo isso lhe prejudicar.

Por isso, quando isso ocorrer, procure o seu corretor, responsável pelo p seguro do seu carro e peça para que ele regularize a situação de seu seguro para que você não venha ter problemas inesperados com a ausência do mesmo.

Como funciona a indenização no caso de perca parcial ou total de seu carro?

Seguro de carro 0

A indenização parcial é quando há concerto, então você ira somente pagar a franquia para a seguradora e a mesma ira arcar com o restos dos gastos para o conserto.

Já a indenização por perca total do carro não se tem mais o que fazer, a franquia e a seguradora irão dar a indenização integral.

Para que isso ocorra, tem-se que apresentar os documentos necessários pedidos, como B.O., entrega de relação do veículo e entre outros. Após feita a entrega de todos os documentos, geralmente efetuam a indenização no prazo de 30 dias.

Sendo assim, o que leva o preço do seguro em seu carro é você mesmo e as circunstancias as quais esta inserido, além do modelo de carro optado por você. O carro zero é resguardado nas mesmas situações, não alterando os métodos para requisitos de valores do pagamento do seguro em seu carro, a única diferença crucial é que na compra do carro zero a própria concessionária poderá lhe dar o seguro com brinde para seu carro durante um ano ou pelo menos um bom desconto para que feche com a seguradoras deles, e isso é uma vantagem para você consumidor, então quando comprar seu carro zero aproveite dessas considerações.

Gostou da reportagem e quer saber mais sobre seguros em geral, não só para seu carro novo? Clique nesse outro post e conheça um pouco mais sobre o seguros em geral.

Compra e venda de carros online

Hoje em dia, o uso da internet tem facilitado muitas questões e uma delas é a compra e venda de carros online. Através de seus meios, pode-se fazer uma compra ou ate mesmo uma venda com muita facilidade, no entanto há uma pesquisa que alega o aumento do ano de 2002 ate o presente momento de 200% a mais na venda e compra de veículos online.

Porém, tais habilidades também podem ser prejudiciais caso não utilize dessas ferramentas de modo correto. Por isso, iremos destacar questões que possam ajudar na compra ou vende de um carro online.

Compra e venda de carros online

O que preciso para vender meu carro online?

Esse procedimento é fácil, bastar tirar fotos detalhadas de seu carro que quer vender e anotar todas as informações necessárias sobre o mesmo como:

– Dono único ou não

-Documentação

-Defeitos caso o mesmo possua algo

-Se já foi batido ou não

Essas informações são de extrema importância, por mais que queira ganhar lucro vendendo seu carro, tem que ser da maneira correra, pois, não gostaria de comprar um “Gol” por um “Fusca” certo?

Venda online

Depois disso, anuncie a venda de seu veiculo em sites que disponibilizam essa opção, alguns são gratuitos e outros cobram taxa na venda. Provavelmente o interessado ira entrar em contato para que possa ver o carro vendido e ate mesmo leva-lo em um mecânico para que seja analisado por um profissional da área. O valor a se pedir é pessoal de cada um, geralmente pede-se o valor dele de tabela, mas talvez queira vender logo, é só baixar um pouco o seu preço do valo encontrado, isso é uma grande vantagem das vendas online, mais não se esqueça, não desvalorize o seu carro. Na questão do pagamento, negocie corretamente e fique garantido do negócio.

Quais os cuidados devem ser tomados na escolha do carro comprado online?

Cuidados ao comprar

– Deve-se levar o mesmo antes de compra-lo em um mecânico de sua confiança para que o mesmo analise o carro vendido.

-Procurar saber informações de quem esta comprando (isso geralmente é mais difícil, pois com a compra online você só conhece o vendedor do carro no momento de ir averiguar o mesmo, mas se possível, faça)

-Levantar se o carro vendido já foi batido gravemente alguma vez.

-Levantar um relatório no Detran do caro que esta sendo vendido, pois no mesmo constará se há multas, apreensão ou qualquer outro impedimento que possa vir lhe causar prejuízos futuramente. Este relatório tem que estar livre.

-Prestar atenção nos valores pedidos, se forem muito abaixo do preço de mercado, desconfie.

-Verificar através de um mecânico se o carro vendido não é carro de enchentes.

Tomando esses cuidados, pode-se efetuar a compra de seu carro online.

 

Vantagens e desvantagens de comprar um carro usado completo ou comprar um carro zero “pelado”:

Vantagens e desvantagens

O carro zero, porém pelado, tem suas vantagens e desvantagens.

Vantagens:

-Tem a confiabilidade do motor e a parte mecânica

-Garantia de fábrica

-Novidades e tecnologias mais apuradas

Desvantagens:

– O mesmo pode vir vem sem ar condicionado, direção hidráulica, aparelho de som, vidros elétricos e airbags por exemplo. Esses itens são todos opcionais e caso colocados serão cobrados, aumentando o preço do carro a ser vendido.

Já o carro usado, porém completo, tem como vantagem:

-Bem mais barato o seu valor aquisitivo.

-O carro usado acarreta em uma perca de 10% de seu valor original, sendo assim, compensa pelo fato de ser completo.

-Além do IPVA diminuir o valor, na medida em que o carro é passado para frente.

As desvantagens:

– Ausência de garantia.

-Problemas Mecânicos.

-Necessário mecânico particular.

 Sendo assim, lhe é cabível aquilo que mais ira atende-lo em suas buscas, seja no requisito de valores, comodidade ou melhor opção. Mais lembre-se,” o passado condena” e essa frase não se aplica somente as pessoas, mais sim aos carros, então tome muito cuidado ao efetuar sua compra de carro online se tomar todos os cuidados necessários não haverá prejuízos presentes ou futuros.

Ainda está na duvida de qual tipo de carro comprar? Veja esse outro post onde falamos um pouquinho mais sobre compra de carros novos.

Manutenção preditiva, como fazer?

Infelizmente nossos tão queridos automóveis quebram, afinal nada dura para sempre. Por um lado isso é bom já que isso faz tudo evoluir e surgir coisas cada vez melhores. Porem ficar com o carro ou com a moto quebrada se você faz uso desse meio para ir ao trabalho, levar as crianças à escola, fazer compras ou em caso pior, o seu transporte também é o seu ganha pão, isso representa prejuízo e perda de produtividade.

Seu carro não avisa quando vai quebrar, mas se bem observado avisa que o problema está chegando, assim você pode prever e evitar muitas dores de cabeça. Esse simples ato tem um nome, manutenção preditiva, observar os sinais de fadiga das peças e componentes do automóvel e solucionar antes mesmo que aconteça o problema.

Manutenção preditiva

O termo manutenção preditiva não é só encontrado no que se refere a automóveis, mas a quaisquer maquinas, seja elas as da sua casa, as de seu emprego ou as gigantescas da indústria. Como qualquer outra manutenção, o objetivo é manter a máquina funcionando 100%, porem essa se difere por antecipar ao problema e prever o tipo de defeito que pode apresentar.

A manutenção preditiva deve estar sem dúvidas em seu dia a dia, pois é sinônimo de economia, uma vez que você evita gastos com mecânico, peças e tempo.

Como fazer?

Certo, você já sabe o que é manutenção preditiva na teoria, e na pratica? Como fazer? Como garantir o bom funcionamento de meu carro, assegurar uma vida útil maior a suas peças e é claro economizar com isso?

Quando uma peça está se desgastando ela começa a dar sinais que alguma coisa não está indo muito bem e é que devem ser observados.

Se você faz uso diário de seu carro, você já deve conhecer seu comportamento, barulho e cada singularidade relativa a ele e qualquer mudança nessas características merece atenção. Viu alguma mudança e que tem algo acontecendo é melhor arregaçar as mangas e fazer o uso da manutenção preditiva. Uma coisa que se tem de levar em conta é que se você conhece um pouco de carros e manutenção você mesmo pode faze-la, caso contrário leve a um mecânico de confiança, pois são algumas etapas simples e não deve sair muito caro, mas reforçando leve a alguém de confiança, pois o mercado é cheio de picaretas, criadores de problemas que estão soltos por ai para literalmente, roubar seu dinheiro, mas se você não tiver tal mecânico uma segunda opinião já é de grande valia.

Qualquer um pode fazer

A manutenção em si

A manutenção se consiste em 4 estudos ou analises que são divididos em das vibrações, dos óleos, dos estados das superfícies e estrutural. Com essas 4 observações você poderá estar prevendo futuras manutenções, então atenção em casa uma delas:

  • Estudo das vibrações – O carro é formado por engrenagens, válvulas e x peças, que em funcionamento produzem vibrações que cada vez que é posto em funcionamento levam-nas a um processo de deterioração. Observando a evolução do nível de vibrações, é capaz de se dizer em que estado se encontra a peça especifica. Essas vibrações são detectadas por meio de aparelhos específicos e este aparelho empregado para a análise de vibrações é conhecido como analisador de vibrações. No mercado há vários modelos de analisadores de vibrações, dos mais simples aos mais complexos
  • Análise dos óleos – É por meio dessa análise que podemos ver se é hora de trocar o óleo de seu automóvel. Essa análise consiste tanto na parte hidráulica como mecânica, ressaltando que essa manutenção é de estrema importância para o carro.

Analise dos óleos

  • Análise do estado das superfícies – Essa análise pode ser simplesmente visual e é um complemento ao estudo das vibrações. Nessa etapa você observar as peças em si, observa se há desgastes ou anomalias que possam afetar o funcionamento futuramente, necessitara de manutenção ou mais importante causar um acidente.
  • Análise estrutural – É por meio da análise estrutural que se detecta, por exemplo, a existência de rachados, fissuras, trincas, vazamentos.

Vale lembrar sempre, que está manutenção pode ser feita por você mesmo, mas leve sempre ao mecânico conforme indicado a quilometragem pelo fabricante de seu veículo.

Muitas peças

Freios, Pneus, Cabos, motor, coifa, mangueira … são peças, muitas peças e todas merecem cuidado e serem observadas. Quando o assunto é veículos, sem dúvidas prevenir é melhor que remediar, pois os custos com manutenção são enormes além de prevenir possíveis panes e acidentes. Conhecer seu carro e um pouco de mecânica ira te ajudar a prever alguns problemas, mas sempre é bom o auxílio de um profissional de tempos em tempos.

Tarde de mais, o problema aconteceu e você nem percebeu? Temos um artigo para você sobre manutenção corretiva.

Rastreador para moto, uma nova arma contra os roubos

No início o problema era resolvido com um simples alarme ou com o velho cadeado, mas a questão dos roubos se tornou situação recorrente não só nas grandes cidades, mas sim se tornando uma verdadeira epidemia que atinge a todas regiões, fazendo se necessário o uso de novas técnicas de proteção, com o intuito de proteger o seu bem ou simplesmente, mas não menos importante, para garantir a sua segurança e de quem você ama.

 

Assalto a mão armada a motociclista

Como busca da solução desse mal inevitável criaram os seguros, que teoricamente é você pagar mensamente para uma empresa valor x, para garantir que caso algo venha a acontecer, seja roubo ou acidente, você não precise se preocupar ou reagir, pois você terá seu bem restituído. Mas nem tudo é um mar de rosas, já que o seguro é totalmente inviável para os donos de motos, onde o preço médio anual chega a 1/3 do valor da moto, onde a apólice se baseia no número de acidentes e roubos, taxando assim as motocicletas com altos valores para não dizer abusivo, baseando se em números, que mostram que acidentes e assaltos são de 4 a 5 vezes mais recorrentes em motos do que em outros veículos automotores.

O seguro para motos é muito caro e por isso se faz necessário a busca de uma alternativa, que além de ser mais barata se mostra mais efetiva que outro meio de prevenção ou em recuperação da moto em caso de roubo, os rastreadores. O uso de rastreadores aumenta na mesma velocidade dos assaltos. Com um custo fixo para comprar o aparelho e com valores mensais baixos, relativos a empresa que vai monitorar sua moto, os rastreadores estão se tornando a primeira escolha entre os donos não só de motos, mas também dono de carros, caminhões.

 

Por que escolher os rastreadores

Rastreador para moto

Outro fator crucial para a escolha do rastreador para moto é poder usufruir desse equipamento não só com a finalidade no caso de roubo, mas também controle, onde empresas vem equipando frotas com o aparelho, buscando maximizar seus lucros, controlando rotas, entregas e afins.

Os custos baixos já ajudam em muito na hora de escolher os rastreadores para equiparem suas motos e carros, mas a vantagem dessa tecnologia não se limita apenas ao preço. Primeiramente é necessário entender como funciona os rastreadores, para ver suas vantagens e é claro, suas desvantagens, pois como qualquer outra tecnologia ela não é 100% perfeita.

Basicamente o componente rastreador é formado por um GPS e um celular, concentrados em uma só placa de circuito, o que pode garantir um tamanho tão reduzido e quase imperceptível do aparelho. Essa placa emite sinais de radio, que é localizado pela rede de satélites usadas nos GPS, que após localizado, o posicionamento é enviado pela internet através de um microchip de celular instalado no aparelho para a empresa de rastreamento. E toda magica está feita e o bem furtado pode ser encontrado.

Empresas de rastreamento

Empresas de rastreamento

Há muitas companhias que oferecem o serviço de rastreamento. Esse tipo de empresa trabalha com pacotes que dependerá da necessidade do cliente, que vai da mais simples, como monitoramento e auxilio no caso de emergência, como solicitar o auxílio da polícia, a até monitoramento completo de frotas para controle e logística.

Mas a opção de se ter uma empresa rastreando sua moto é opcional, já que existem aparelhos que são auto rastreáveis e este controle é feito por você mesmo através de seu smarphone ou por um computador. Seu único gasto periódico com esse aparelho é manter o micro chip da operadora de celular sempre com créditos ou com a linha ativa. Em um primeiro momento não ter o custo da empresa de rastreamento pode parecer uma boa, mas em situações de emergência o auxílio da empresa pode ser crucial.

 

Há desvantagens?

Como dito não há tecnologias que são 100% confiáveis e como o rastreador para moto não é exceção ele sofre com alguns problemas.

Como estamos lidando com um aparelho que baseia-se em sinais de rádio e telefone, o sinal pode se tornar um vilão nessa história. Apesar da área de cobertura das antenas de celular ser muito grande, ainda mais no Brasil, existem muitos lugares que o sinal da rede é ruim e outros onde o sinal nem existe.  Então nesse momento o aparelho se torna nulo. Além desse problema os bandidos evoluem junto com as inovações e em caso de motos de alto valor são criadas caçambas que cortam esse tipo de sinal. Sendo assim após um assalto, eles entram em um caminhão modificado e o rastreador não serve para nada.

 

Compensa?

Roubo de motos

Há um velho ditado que diz que segurança nunca é de mais e pela capacidade dos rastreadores, sem dúvidas investir nesse aparelho pode ser uma grande ferramenta caso algo venha acontecer. O potencial desse aparelho e com o resultado de recuperar seu bem roubado, o coloca entre os melhores aparelhos de segurança.

Vale lembrar que o uso de várias fermentas em conjunto, maximiza sua segurança, como o uso alarmes , deixar um cadeado ou uma nova pratica muito interessante, que une o temível seguro com o rastreador. Essa pratica é abordada no próximo artigo, e pode ser uma boa para você dono de moto, vale dar uma olhada, no rastreador com seguro. 

Preço de carros novos

Você com certeza já ouviu ou já provou da afirmação que seu ao tirar um carro zero da concessionária ele deixa de valer alguns milhares de reais. Infelizmente esse fato é real, o que torna comprar um carro usado com muito pouco tempo uso uma melhor escolha, já que vem custando no mínimo 20% mais barato e com garantia ainda. Não é à toa que você pode comprar um Ford Fusion completo ano 2010, com o mesmo dinheiro que você comprar um Fiesta básico 2014/2015.

Se você comprar um carro com um ou dois anos de uso, você ainda vai perder pois ele vai desvalorizar, mas a regra é geral, quem perde mais sempre será o primeiro dono, mas mesmo assim você terá feito um ótimo negócio, pois você terá em mãos um carro relativamente novo mas com um preço bem mais em conta.

 

Preço de carros novos

Incentivos do governo

Mas esse comercio de carros usados não é bom para indústria, pois o mercado gira apenas em sua base, deixando os produtos parados na sua origem, ou seja nos pátios das fabricas. O governo federal vendo essa situação como meio de incentivo e no intuito de aquecer a vendas de carros novos, prove ações com reduções de impostos para os carros zero quilometro, como a famosa e marcante promoção de IPI reduzido.

 IPI reduzido

Os adicionais e seus preços

Você vai a uma concessionária, entra vagarosamente num sinal de temor, pois sabe que se sair de lá com a compra efetivada, mas vai deixar uma boa grana lá ou caso seja num financiamento vai estar ligado com essa comprar por alguns bons anos e quando você menos percebe está sendo bombardeado de opções de automóveis, uma melhor que a outra e totalmente tentador.

Mas só escolher o carro não é suficiente, após escolher o modelo lá vem o grande martírio, principalmente para quem tem recaídas em ver itens de conforto, que ajudarão no dia a dia ou simplesmente na linguagem atual, vai ser item de ostentação.

Dos clássicos direção hidráulica e vidro elétricos que ao pouco deixam de se tornar opcional para já estar incluso nas versões mais simples, aos pomposos computadores de bordo, ao indispensável ar condicionado ou o sonho de muito aquele câmbio automático. Opcionais um melhor que o outro, que passando pela voz do vendedor, parece ser indispensável e pra quem já está gastando 40, 50 mil, uns “míseros” 4 mil não farão diferença. Nesse momento tem de ser forte e não cair nessa lavagem cerebral, pois para quem não tem controle e optar por tudo que o carro pode oferecer, pode sair da concepcionária com um automóvel 30% mais caro, que vendido mais tarde, será vendido a preço de um carro liso, sem nada.

Os opcionais, como o nome diz, é um opcional. Haja com sabedoria e faça a aquisição se for necessária. Muitas vezes são vendidas coisas que você nunca usará, outras que você nem sabe para que serve e tem coisa que dá para viver sem, como o câmbio automático, já que você passou no auto escola com um carro de marcha e garantia de que você irá preferir esse tipo de cambio é mito, já que tem gente que garante que prefere estar lá, passando marcha por marcha e sentindo o carro.

 Opcionais

Taxas

Faze um e dois superadas, você já está com o carro comprado e já sabe que opcional vai levar. A concessionaria já tirou seu dinheiro, agora é hora de você tirar algo deles. Seja a documentação, o IPVA do ano pago ou até mesmo o tanque cheio. Use e abuse de seu direito, já que muitas concessionarias oferecem tal opção, mas muitas vezes pode passar batido, pela euforia do dono pelo carro novo ou pela desculpa que seu carro não está incluso na promoção.

 

Avista ou a prazo

Isso você deve pensar muito, em casa com a patroa. Antes de pensar se será a prazo ou avista, tem de se pensar na necessidade de comprar um carro novo. Será que o carrinho da família não aguenta mais um ano, esperar até o próximo feirão de descontos da rede ou o próximo incentivo fiscal? Lembre-se, que a pressa é inimiga da perfeição, e quando se está falando em carro sua economia pode ser de alguns milhares de reais.

Certo, comprar um carro novo é a decisão, agora o que vai se decidir é o modo de pagamento. Sem dúvida avista é a melhor opção, pois você paga o valor do carro e dá para pechinchar, mas se houver a necessidade do automóvel mas a grana não está disponível, o financiamento se faz como opção. Vale o comprador estar cinte que no final do pagamento estará pagando o valor de dois automóveis. Então a prazo só se for emergência e se qualquer outra opção não estiver a disposição, como comprar avista, mas um carro mais velhinho de 5 ou 7 anos de idade.

 

 

Vale a pena?

Cheirinho de carro novo é muito bom, mas quando esse cheiro vale a pena? Simples. Se você tem condições financeiras e não vai se endividar por conta de um carro novo, vai lá e faça o uso de seu dinheiro, é para isso que você trabalha. Vá a concessionaria e compre um carro novo com tudo que você pode pagar. Mas se você vai se meter em dividas, empréstimos e financiamentos, pense duas vezes antes de fazer isso, pois há inúmeras outras opções para você, que pode custar bem mais barato e evitar muitas dores de cabeça.

Para ajudar na escolher melhor na hora da compra, leia sobre a a compra de carros pela internet, mutias vezes pode ser a  melhor escolha.

Posts mais antigos «