,

Diagnosticando problemas do câmbio automático

Confira como você pode arrumar seu câmbio automático

Câmbio Automático

Existem poucas palavras na língua de conserto de carros que faz com que donos de carros queiram se esconder embaixo do lençol, mas “transmissão automática” ou “câmbio automático” está no topo da lista. Tem alguma coisa naquela caixinha misteriosa embaixo do seu carro que incita medo. Infelizmente, a maioria das oficinas sabem disso e se aproveitam da situação colocando a mão bem fundo no seu bolso.

Antes de entregar suas chaves e um cheque em branco, conheça um pouco sobre câmbios automático.

Se algo estiver realmente errado, pelo menos você estará armado com conhecimento o suficiente para evitar ser superfaturado, sobre-consertado ou simplesmente roubado.

Sua transmissão é uma engenhoca impressionante. De alguma maneira, ela consegue mudar as marchas do seu carro, saber a velocidade a que você precisa andar e o quão rápido você precisa chegar lá. O que acontece ali dentro é um mistério para a maioria das pessoas. A não ser que sua sede de conhecimento automobilístico beire o compulsivo, pode deixar que continue sendo um mistério. O básico é o suficiente para ter uma conversa inteligente (entenda-se como: “não vou ser roubado”) com seu mecânico.

As principais partes do câmbio automático

Existem muitas, muitas partes pequenas dentro da sua transmissão, mas essencialmente ela é composta por algumas partes de sistema chave.

  • Caixa de Sino/Carcaça: É a caixa de ferro em formato de cone que você consegue ver quando olha embaixo do carro. Se seu carro tiver tração dianteira, a caixa fica presa ao lado do motor, embaixo do capô. Se seu carro for de tração traseira, a transmissão será montada embaixo do carro, atrás do motor.
  • Engrenagens: Mesmo que você não esteja passando marchas, uma transmissão automática tem engrenagens. Elas são divididas em engrenagens principais e engrenagens planetárias. Você precisa de todas elas para conseguir dirigir.
  • Fluido: Fluido de transmissão é muito importante para uma transmissão automática. Toda a magia acontece no fluido. A maioria dos carros vêm com fluido de transmissão vermelho. É bom saber caso você esteja procurando um vazamento.
  • Filtro: Todo esse fluido tem que estar limpo para seu carro trocar de marcha na hora certa. Para manter as coisas frescas, sua transmissão tem um filtro para colher qualquer sujeira.

Agora que você sabe um pouco sobre o que está acontecendo lá dentro, você pode tentar descobrir porque sua transmissão está dando problema ou pelo menos entender o que o seu mecânico está dizendo quando ele tenta transformar o seu reparo no novo barco de pesca dele.

Problemas de câmbio automático caem em duas categorias muito parecidas:

  • Não funciona.
  • Não funciona perfeitamente.

Estes dois grupos de problemas são causados pelas mesmas falhas na sua transmissão. Portanto, seja o que for que o seu carro estiver fazendo, o seguinte se aplica.

O seu nível de fluido está correto?

É importante checar seu fluido do câmbio automático pelo menos duas vezes por ano. Um nível baixo de fluido pode não só fazer com que seu carro mude de marcha com dificuldade, como pode eventualmente leva-lo a ter danos na transmissão e um alto custo para reparo.

Se seu carro parece estar perdendo fluido regularmente, é possível que seja um vazamento.

Sua transmissão está vazando?

Ferramentas automativas

Verificar se há vazamentos não é tão desesperador quando pode parecer. A transmissão é um sistema fechado, portanto só há alguns lugares que podem conter vazamento. A menos que tenha sido trocado por fluido não-tingido, seu carro terá fluido de transmissão vermelho. Aqui estão alguns locais para checar por vazamentos:

  • No tubo de enchimento.
  • No escoamento embaixo da transmissão.
  • Entre a transmissão e o motor.
  • No eixo – a peça que conecta o veio da engrenagem com a transmissão.
  • Sensor de velocidade. Isso pode ser seu cabo na caixa de transmissão ou um sensor eletrônico pregado na caixa.
  • O radiador. Se seu carro tem um resfriador de transmissão, é possível que um vazamento cause o fluido de transmissão a vazar para dentro do fluido do radiador. Eles não se misturam bem, portanto você verá que ele está boiando lá dentro.

Seu filtro está entupido?

O filtro da câmbio automático é vital para a performance dele. Se já faz algum tempo desde que você substituiu o filtro (ou se, como muitos de nós, você nunca substituiu), faça isso antes de começar a falar sobre reconstruções ou substituições.

A maioria dos problemas de transmissão não podem ser consertados por você mesmo. Existem muitas ferramentas e peças de equipamento especializadas que são necessárias e comprar esse material caro apenas para errar nas suas primeiras três tentativas de conserto simplesmente não faz muito sentido.

Agora que você está em frente ao esquadrão de fogo, é hora de mostrar ao seu mecânico que você tem conhecimento. Fale para ele o que o carro está fazendo.

Em seguida, fale para ele o que você descobriu quando inspecionou a transmissão. Se houver um vazamento, fale para ele onde e quanto está vazando.

Hora de uma reconstrução completa?

Quando seu câmbio automático se cansar demais, será preciso reconstruí-lo. É verdade. Para algumas marcas e modelos, é verdade com um pouco mais de frequência do que se gostaria, mas isso não é nem cá, nem lá. O importante é checar quaisquer possíveis causas para seu problema antes de começar a desmontar a transmissão, pois é muito caro. Se você ainda não substituiu o filtro, substitua! Isso conserta uma boa parte dos problemas de transmissão. Se seu filtro está bom e nada de simples está fora dos ajustes, prepare-se para gastar uma boa quantia para reconstruir a transmissão. A boa notícia é que a maioria das reparadoras dão uma boa garantia nas reconstruções de transmissão. Um pequeno consolo na hora que você está entregando seu cartão de crédito, mas pelo menos você sabe que ela será consertada e ficará consertada.

Pode ser que você não consiga economizar bastante dinheiro fazendo sua própria reconstrução de transmissão, mas estar em dia com sua manutenção vai te manter fora das oficinas pelo máximo de tempo possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *