«

»

Impedância dos alto falantes

Certamente você já ouviu falar em impedância não é mesmo?

Mas o que significa esta palavra que causa pavor nos profissionais do segmento? Sua definição é simples: impedância é a resistência que a bobina móvel oferece ao sinal de áudio. Ou seja, o enrolamento da bobina do auto-falante exerce uma resistência à passagem da corrente elétrica, dependendo do material, secção transversal, temperatura e do comprimento do fio. Esta resistência é medida em ohms, da mesma forma que um resistor.

Mas se ela é medida em ohms como num resistor, porque não dizemos “resistência” ao invés de “impedância”? Será que é apenas um termo técnico ou um fator de complicação para o instalador de som? Alguns instaladores sentem muitas dificuldades para entender este processo e fazer o áudio funcionar corretamente.

A resistência à corrente contínua não é idêntica à resistência à corrente alternada, que embora sendo medida na mesma unidade (ohms), é chamada “impedância” e tem como uma de suas características aumentar com a freqüência da corrente, dependendo, porém das características da bobina móvel e do alto-falante.

A impedância é importante para a adaptação do alto-falante à saída do amplificador, sendo que a impedância de ambos devem ser iguais para evitar perder a eficiência ou danificar o próprio aparelho.

Assim, foi criado o termo “casar a impedância” dos equipamentos, ou seja, igualar a impedância de saída do aparelho com a impedância da bobina do alto-falante. Veja nos exemplos a seguir o que ocorre nos diferentes valores de impedância.

a) Casamento de impedância – correto, apresentando o rendimento ideal do sistema de som.

b) Impedância do equipamento inferior ao do alto-falante – apresenta rendimento insuficiente ou perda de potência.

c) Impedância do equipamento superior ao do alto-falante – apresenta rendimento acima do normal, podendo danificar os equipamentos.

Mas, e se eu tiver um aparelho com impedância de saída de 4 ohms e dois alto-falantes de 8 ohms? O que fazer?

Neste caso entram as associações dos alto-falantes. Ligando-se dois falantes de 8 ohms em paralelo, teremos uma impedância final de 4 ohms, casando-o com o equipamento.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on TumblrShare on LinkedInPin on Pinterest

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Murilo Alves Moreira

    Potência máxima 4 x 23 W RMS em 4 ohms , um aparelho de som com essa característica
    qual e o ideal de subwoofer posso colocar??

    Posso Colocar por ex:
    4 desse cuja as características são:

    Potência máxima 480 W (PMPO)
    Potência nominal 80 W RMS
    Medida 8″
    Frequência de resposta 45Hz a 3,5kHz
    Impedância 4 ohms

  2. Luiz

    Amigo, boa noite.

    Para instalar um sub vc necessita utilizar um módulo amplificador de potencia. As saídas do auto rádio são amplificadas para o uso de pequenos auto-falantes.

    Vc pode utilizar um projeto barato (Gastar uns R$ 700) para instalar um Sub de 160WRMS 4 Ohms + Corneta + Tweeter + Módulo 4 Canais que aceite Bridge.

    Abs

  3. Arison

    Ola amigo…
    Entao comprei um modulo hurricane 4.480 e tenho 2 subwofer da 12″ upgrade 350 bobina simples como posso fazer a ligação em bridge???
    Vou usar o modulo como 3 canais!!!
    2 stereo 1 mono
    alto falante sub 4 ohms
    e no manual do modulo esta em bridge 4~8ohms
    entao fiquei na duvida de como faco a ligacao!!!
    Abraco obrigado

  4. Rogério Gomes de Souza

    Boa Noite amigos,

    E no caso por exemplo tenho caixa de som que era de mini system, e é de 3 ohms os auto falantes impactaria muito ligando eles em um cd player de 4 ohms.

    O que posso utlizar para fazer que o alto falante entre na casa do 4 ohms.

    Muito obrigado.

    Atenciosamente,

    Rogério Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>