,

Os 10 erros de direção mais comuns

Que provavelmente você já cometeu…

Acidente de carro

Errar é humano, como diz o ditado, e as pessoas estão propensas a cometer erros enquanto estão dirigindo. Assombrosos 99% de todos os acidentes em estradas e rodovias são causados por erro humano. E mesmo assim, a maioria de nós continua cometendo os mesmos erros repetidamente quando estamos dirigindo, completamente ignorando que estamos cometendo erros. Seja por força do hábito, falta de atenção ou indiferença aos outros veículos ao nosso redor, as pessoas têm a tendência de cometer os mesmos erros quando estão na direção. Não é à toa que engenheiros e cientistas estão trabalhando duro para desenvolver carros que se dirigem sozinhos, para tirar o erro humano da equação. Aqui está uma lista dos 10 erros mais comuns que nós humanos cometemos quando estamos operando um automóvel.

10. Não ajustar os espelhos adequadamente

Retrovisores e espelhos laterais não são decorações. Eles são instrumentos importantes no seu carro que te ajudam a ver o que está atrás de vocês ou de ambos os lados do veículo. Assegurar que os espelhos do seu carro estão na posição correta é crítico. No entanto, uma grande maioria dos motoristas andam por aí com seus retrovisores fora de posição ou desajustados. Isso pode levar a acidentes, visto que as pessoas não conseguem enxergar adequadamente os carros que estão passando por perto. O mal posicionamento dos retrovisores laterais é especialmente ruim pois pode levar a uma enorme quantidade de acidentes quando estamos trocando de faixa e não vemos outro carro que está bem ao nosso lado. Sempre vai haver o “ponto cego” nos espelhos laterais, mas o problema é aumentado quando o espelho está tão mal ajustado que os motoristas conseguem ver suas próprias portas, mas não os carros que estão passando ali ao lado. A melhor prática é sempre tirar um momento quando você entra no carro para ajustar todos os retrovisores e coloca-los na melhor posição. Os espelhos laterais devem estar posicionados para que você não veja seu próprio carro, assim você eliminará o ponto cego quase completamente.

9. Dirigir devagar na pista expressa (um dos piores erros de direção)

Nós todos já os xingamos – aquelas pessoas que dirigem bem devagar na pista expressa das rodovias, indiferentes ao fato de que estão bloqueando o tráfego atrás delas. Essa prática não só é irritante pra caramba como também é muito perigosa, pois pode levar a motoristas frustrados acelerando na pista mais lenta e tentando ultrapassar outros carros na faixa incorreta. Todos os motoristas devem se lembrar que as faixas do lado direito são para veículos que estão andando mais devagar e as faixas do lado esquerdo são para carros que estão dirigindo de forma mais rápida.

O segredo é definir em qual faixa você se sente mais confortável de dirigir baseado na velocidade com que você está andando. É o ápice da falta de consideração dirigir na pista expressa quando você claramente não está andando na velocidade máxima permitida ou consegue ver uma longa fila de carros atrás de vocês onde os motoristas estão com os rostos contorcidos de raiva. Essas buzinas que você está ouvindo estão te dizendo para se transferir para a faixa da direita.

8. Não ligar a seta de direção

São tão poucas as pessoas que usam a seta de direção que é um fenômeno que elas ainda existem em nossos carros. O que todos nós esquecemos é que as setas de direção são um acessório de segurança importante que informa a outros motoristas ao nosso redor quais são as nossas intenções. Quando as pessoas não usam a seta para indicar que estão mudando de faixa em uma rodovia ou virando em uma rua dentro da cidade, isso força aos motoristas atrás de nós e ao nosso lado a reagir às nossas ações no último segundo e sem aviso prévio nenhum.

É assim que acidentes acontecem. Etiqueta de direção dita que as pessoas precisam usar suas setas de sinalização sempre que você está mudando de faixa ou dobrando em algum lugar. Mas lembre-se também de desligar a seta quando terminar a ação; é bem irritante dirigir atrás de pessoas que deixar suas setas ligadas por um período de tempo estendido quando elas não estão de fato fazendo qualquer manobra.

7. Deixar o farol alto ligado

Esse mal hábito pode ser extremamente perigoso. Farol alto pode cegar motoristas em carros que estão vindo na direção opostas como também distrair motoristas que estão em sua frente. O farol alto é importante de ser usado quando estamos dirigindo em estradas que não têm iluminação, mas as pessoas precisam estar cientes quando estão usando o farol alto e lembrar de abaixá-los sempre que outros carros estejam trafegando por perto. A regra geral é usar farol baixo quando você ver a luz traseira ou dianteira na distância.

Também mantenha em mente que farol alto pode causar visibilidade reduzida quando utilizado em certas condições de tempo, principalmente névoa e neve. Preste atenção ao seu painel o tempo todo, pois é possível sem querer acionar o farol alto enquanto estamos dirigindo. Se seu farol alto estiver ligado, provavelmente você verá uma luz azul no painel. Essa luzinha azul pode ser um salvador de vidas.

6. Apertar o freio e o acelerador ao mesmo tempo

A não ser que você seja piloto de Formula 1, não existe motivo algum para apertar o freio enquanto você está acelerando. Essa prática acontece quando as pessoas usam ambos os pés para dirigir. Elas mantêm o pé esquerdo no freio e o direito no acelerador e essa prática pode levar ao hábito terrível de apertar ambos ao mesmo tempo por alguns segundos, normalmente quando estão parados em um farol vermelho ou placa de Pare. Com o passar do tempo, essa prática vai desgastar os pneus rapidamente. Também pode causar acidentes pequenos ou até mais sérios, pois os motoristas atrás de vocês podem reagir ao puxo do seu carro. Aja com segurança e use seu pé direito tanto para frear quando para acelerar. Seu professor de autoescola foi bem chato sobre isso com bons motivos.

5. Má posição do assento

Isso pode não parecer grande coisa. Afinal, o assento do seu carro está do jeito que você gosta. Você está dirigindo confortavelmente e é só isso que importa, não é? Não exatamente. Muitas pessoas se sentam demasiado para trás e em posições que comprometem seu controle sobre o veículo. Tempos de reação podem ser mais lentos quando nossas pernas estão muito esticadas e nossos pés mal encostam no acelerador ou freio.

Da mesma forma, se as pessoas estão confortáveis demais em seus carros, elas podem ser embaladas em uma sensação de sono e não prestar atenção no que está acontecendo ao seu redor. Para reforçar esse ponto, dê uma olhada em motoristas de corrida profissionais. Em todos os momentos, eles estão sentados eretos e não precisam hiperestender seus braços ou pernas para alcançar a direção, o acelerador ou freio. Eles também mantêm as duas mãos na direção o tempo todo, o que assegura controle sobre o carro. Se sentar corretamente no carro para que você esteja alerta e capaz de reagir rapidamente pode ser a diferença entre vida e morte.

4. Usar sua luz diurna à noite

Luzes diurnas nem sempre foram comuns nos carros, mas elas são padrão em todos os carros hoje em dia e isso nos levou a não nos importar com elas e pressupor (erroneamente) que podemos deixa-las ligadas à noite também. Luzes diurnas são mais fracas do que as noturnas na maioria dos carros, e a luz traseira normalmente não liga quando as luzes diurnas estão ligadas. E se sua luz traseira não está ligada, isso significa que seu carro não está visível para outros motoristas na estrada. Sempre se certifique de ligar as luzes noturnas do seu carro ao entardecer. Isso não é difícil, só requer que você gire o botão uma vez mais para a esquerda. Confie na gente, a visibilidade a mais e a segurança que as luzes noturnas proporcionam vale a pena. Você estará mais seguro e os carros ao seu redor também.

3. Mudar de faixa enquanto está fazendo a curva

Atravessar diversas faixas enquanto você está dobrando em uma rua é um erro bem comum que a maioria das pessoas não percebem. E é um erro perigoso e caro também. A prática correta (e segura) é fazer a curva na faixa em que você está. Depois, usar sua seta de direção para sinalizar que você está mudando de faixa depois de terminar a curva. Muitas pessoas adoram abrir bastante a curva e mudar de faixa ao mesmo tempo. Isso pode levar a colisões e outras faixas que estão fazendo a curva na mesma hora. Em geral, a etiqueta de curvas das pessoas poderia ser bem melhorada. Motoristas estarão fazendo um favor a si mesmos e a todos ao seu redor se não mudarem de faixa enquanto estão fazendo curvas. Fazer esse pequeno ajuste faz um mundo de diferença e pode ter um impacto bastante positivo.

2. Passar no sinal amarelo

Todos sabemos que o farol amarelo significa “vá mais devagar” e não “acelera”. Porém, quando vemos um farol mudar de verde para amarelo, a maioria de nós afundamos o pé no acelerador ao invés de apertar o freio. Passar em farol amarelo para não precisar esperar no vermelho parece ser um esporte nacional no Brasil. Isso é muito perigoso e deve ser evitado. Quase todas as vezes que você vê uma colisão em um cruzamento é porque alguém estava passando no sinal amarelo e foi atingido. É melhor tomar cuidado e ser paciente. Quando a luz ficar verde novamente, siga seu caminho. Os 90 segundos de vida que você está abrindo mão valem a pena.

1. Parar bruscamente e sem aviso prévio

Todos já fizemos isso: você está dirigindo e de repente vê um lugar para estacionar ou que aquela loja está aberta e para de repente sem aviso prévio. O problema é que o carro que está vindo colado em você agora provavelmente bateu na sua traseira e causou um acidente. Parar bruscamente e sem aviso prévio é um dos maiores erros que motoristas cometem e sempre leva a uma das maiores incidências de acidentes nas estradas e rodovias. Motoristas sempre devem estar conscientes dos carros que estão atrás deles e devem parar lentamente e cuidadosamente – dando a todos que estão por perto a chance de reagir e se ajustar. Caso contrário, acidentes grandes e pequenos podem acontecer. E aí você vai acabar não conseguindo entrar naquela loja de todo jeito, e quem quer isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *