,

Conheça TUDO sobre o Honda Civic 2017 – Parte 2

Continuação da Série Honda Civic 2017

Honda Civic 2017

Informação e entretenimento no novo Civic 2017

O sistema de informação e entretenimento do Civic é um ponto dolorido num carro compacto, de outra maneira, forte, particularmente quando equipado ao sistema de informação e entretenimento opcional HondaLink sensível ao toque. Os menus bagunçados do sistema e a interface confusa faz dele uma dificuldade no dia a dia. Para o bem, a funcionalidade do Apple CarPlay e do Android Auto permite que usuários trabalhem com as telas mais logicas de seus smartphones ao invés da tela do HondaLink.

Os modelos inferiores do Civic LX, assim como o LX-P cupê e esportivo hatchback se viram com o básico, porem intuitivo sistema de informação e entretenimento. O resto da linha civic sofre com desobediente Honda Link de 7 polegadas touchscreen. As bordas da tela têm uma resposta muito lenta ao toque, ao passo que os ícones são pequenos e apertados uns aos outros, além disso a estrutura do menu pode ser de difícil navegação. Não existe um botão sequer a vista – até o volume de áudio é controlado através de uma barra de rolagem sensível ao toque, esta que responde de maneira errônea. Botões de verdade podem ser encontrados no volante, o que por outro lado, torna mais suave algumas frustrações do sistema Honda Link.
Itens de entretenimento e informação.

Nosso sedan touring usado para os testes serviu seu sistema de entretenimento/informação que conta com tela de sete polegadas touchscreen, incluindo navegação, rádio satélite Sirius XM e conexão com os aplicativos Apple CarPlay e Android Auto. O compartimento da frente tem duas portas USB e uma única tomada de 12 volts. Tristemente, os bancos traseiros se mantem desconectados, já que não tem uma única entrada USB ou tomada de 12 volts que passou da barreira dos bancos dianteiros.

Filmando a tela de informação e entretenimento enquanto trocávamos entre vários menus, para depois analisar o vídeo de alta velocidade quadro por quadro, foi possível perceber com precisão o tempo de resposta do sistema.

Espaço do porta-malas e compartimentos.

O Civic possui um número de compartimentos inteligentemente desenhados que estão espalhados por sua cabine, além do porta-malas do sedan ser um dos maiores da categoria. Precisa de ainda mais capacidade de carga? Então você tem que dar uma olhada no Civic Hatchback, que possuiu uma porta de elevação traseira. O cupê tem mais estilo que praticidade.

Comparação do volume de carga.

Apesar de oferecer fantásticos 15 pés cúbicos de espaço, o civic sedan sofre com um design vergonhoso de porta-malas que limita seu uso. Para deixar mais claro: o porta-malas de menor espaço do Toyota Corolla possui uma bolsa adicional.

Cubículos internos.

O ponto de resistência do assunto “carga” no Honda Civic é o seu console central, uma caverna massiva com escaninhos removíveis e porta copos que permitem ao consumidor talhar seus espaços de acordo a suas necessidades. Outros espaços enriquecem o interior, incluindo bolsos nas portas, uma área a frente da maçaneta da janela e uma estante abaixo do painel, estante essa que fica posicionada estranhamente perto da canela direita do motorista.

Porque usamos bolinhas de ping pong?

Para determinar o espaço interior disponível para atochar coisas essenciais à viagem, nos idealizamos um leque de protocolos de medida. Usando seis garrafas de bebida com tamanhos e formas diferentes para testar a acomodação do porta-copos. Nos enfiamos, metemos e arrumamos caixas de papelão de 9 por 14 por 22 polegadas para quantificar o número de malas para viagem em transporte aéreo que caberiam no porta-malas ou no espaço dos bancos quando esses estão dobrados. Para medir coisas com forma irregular como porta-luvas, bolsos de porta e escaninhos do console, nos enchemos cada um deles com bolinhas de ping-pong medindo 1,5 polegadas de diâmetro. É tentador converter o número de esferas em um volume (polegadas cubicas), porem resistimos a esse cálculo porque – assim como as caixas de lenço, fardos de refrigerante ou galões de leite que você talvez enfie nesses compartimentos – existem espaço entre as bolas.

Empacotamento aleatório (nosso procedimento) anula aproximadamente um terço do espaço disponível. O espaço negativo entre as bolas poderia, em teoria, ser reduzido a 25% de um formato irregular com preenchimento preciso, porém enquanto podemos parecer pedantes, loucos é uma coisa que não somos.
Exterior.

O exterior do Civic é uma mistura de detalhes agradáveis aos olhos e exuberância de levantar as sobrancelhas. Você pode ou não amar a aparência do Civic, entretanto é difícil encontrar qualquer coisa ofensiva em seu estilo.
Dimensões exteriores

Todos os carros listados aqui escorregam facilmente dentro de vagas (e apertos) do mesmo tamanho em estacionamentos, apesar deles também conseguirem prover espaço suficiente no lado de dentro para quatro adultos. Tirando suas dimensões pequenas no exterior, o espaço para pernas no compartimento traseiro está entre um dos mais generosos na classe.

Segurança e assistência ao piloto.

Todos os Civics oferecem seis airbags e uma câmera reserva como padrão. Pareado com números notáveis em seus testes de batida, o Civic é uma boa opção para aqueles que priorizam segurança. Apesar disso, o espaço de pernas na parte dianteira é comprometido com um assento para crianças na traseira.

Resultados dos testes de batida.

A NHTSA (Administração de segurança do trafego em rodovias) e o Instituto de segurança nas estradas (IIHS, este sem fins lucrativos) avaliam veículos por sua proteção à colisão (tradução livre) nos EUA. A NHTSA avalia carros em até cinco estrelas. A IIHS usa uma gama diferente de testes, qualificando carros numa escala de “Bom” até “ruim” e premia os veículos que se dão melhor através dos testes com um “Top Safety Pick” (escolha de melhor segurança) ou “Top Safety Pick + Honors” (escolha de melhor segurança + honras), o ultimo o qual requer que o sistema de frenagem automática de colisão frontal funcione bem.
Airbags, assento infantil e estepes.

Enquanto nós ainda não instalamos o assento infantil no Civic Cupê, podemos dizer que, no Civic Sedan e Hatchback, ambos ofereceram uma larga abertura de portas traseiras, que possibilitavam a colocação e retirada do assento infantil. Apesar disso, nivelar a cadeirinha requer um suporte. Nos também descobrimos que procurar por pontos articulados no Civic é um desafio e que uma cadeirinha instalada limita a vinda dos bancos dianteiros para trás.

Itens de segurança ativa

A Honda agrupa os itens de segurança do Civic embaixo de um “guarda-chuva” chamado Honda Sensing, uma opção de $1000 nos LX, EX, EX-T e EX-L sedans, tanto quanto nos LX, EX e EX-L hatchbacks. O pacote vem padrão nos Touring sedans e cupês, assim como nos Tourings esportivos hatchbacks. O Honda Sensing não está disponível em Civics equipados com o câmbio manual de seis marchas.

Ainda que a câmera reserva seja padrão em todos os Civics, a localização das câmeras deixa-as muito expostas e suscetíveis a obstrução por sujeira e fuligem. Todos os Civics abriram mão dos tradicionais monitores de ponto cego. Ao invés disso, a Honda oferta-nos uma câmera traseira integrada ao sistema “Lanewatch” (vigia de faixa) que faz uma transmissão do ponto cego que fica no lado do passageiro, jogando as imagens na tela central. Soa melhor do que funciona.
Seguro.

Aqueles consumidores que buscam a melhor cobertura de seguro possível, para eles talvez seja melhor procurar um concorrente como o Hyundai Elantra. A Honda não fornece horário agendado para manutenção, um item que é oferecido por concorrentes como o Chevrolet Cruze e o Toyota Corolla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *