, , ,

Óleo regular e Sintético

Saiba se você pode alternar entre óleo de motor regular e sintético

Pode alternar entre óleo de motor regular e sintético?

Se você já se perguntou se pode alternar entre óleo de motor regular e sintético, saiba que é preciso considerar qual tipo óleo funciona melhor para seu motor.

Embora, hoje em dia, a maior parte dos carros, caminhonetes e SUVs novos tenham óleo de motor sintético dentro de seus motores, ainda existem alguns que utilizam óleo convencional como a principal fonte de lubrificação. Uma pergunta comum aqui no YourMechanic.com é se é possível alternar entre óleo regular e óleo sintético quando você vai trocar o óleo.

A verdade é que – esta não é uma resposta preto no branco de sim ou não. Na verdade, a depender da aplicação individual, a mudança de convencional para sintético ou vice e versa pode cause mais mal do que vale a pena. Para simplificar a equação e proporcionar você com fatos, para que você possa tomar uma decisão informada, vamos rever alguns dos fatos sobre troca de óleo com óleos sintéticos e convencionais vendidos nos Estados Unidos hoje em dia.

O QUE É ÓLEO SINTÉTICO?

Óleo sintético é feito a partir de compostos químicos que contêm alguns elementos petrolíferos combinados com óleo cru altamente refinado, e componentes orgânicos e inorgânicos. Além dos óleos sintéticos, existem misturas sintéticas que combinam óleos sintéticos com óleos tradicionais a base de petróleo.

Óleos sintéticos foram desenvolvidos para tratar de um grande problema com o qual todos os motores de combustão lidam quando são iniciados: óleo e solventes não se misturam bem. Óleo é projetado para lubrificar as partes em movimento dentro de um motor, especialmente em volta da câmara de combustão. No entanto, a maior parte dos combustíveis são a base de petróleo e são solventes, literalmente removendo o óleo convencional que cobre os componentes.

Lubrificação é especialmente importante durante o arranque, visto que 75% do desgaste do motor acontece quando ele está aquecendo. Óleo de motor sintético como o Castrol GTX Magnatec proporciona uma camada protetora de lubrificação fina nos componentes metálicos para que mantenham lubrificação por um período maior de tempo. Desta forma, a maioria dos óleos sintéticos tem grandes vantagens em comparação com óleo regular. Isso inclui:

  • Melhor performance de alta e baixa viscosidade
  • Evaporação reduzida
  • Resistência a oxidação e problemas de detritos
  • Lubrificação otimizada durante temperaturas extremamente frias
  • Potência e torque otimizados
  • Maior economia de combustível

Óleo sintético geralmente dura mais tempo do que óleo convencional, o que pode reduzir os custos ou pelo menos ajudar a justificar o preço mais alto que vem com os sintéticos. Por exemplo, uma pessoa pode mudar seu óleo a cada 3.000 km com óleo regular e apenas a cada 5.000 km com óleo sintético.

MUDAR DE ÓLEO CONVENCIONAL PARA SINTÉTICO

Quando foi originalmente desenvolvido, o óleo sintético era para ser usado apenas em motores projetados para serem especificamente compatíveis com ele. Óleos sintéticos mais antigos utilizavam ésteres, compostos químicos misturados com álcool, e eram mais duros nos componentes, inclusive nas vedações do motor. Os ésteres causavam desgaste e criavam vazamentos e, potencialmente, até problemas de superaquecimento. Os óleos sintéticos de hoje em dia utilizam menos componentes alcoólicos, e as vedações e juntas do motor são feitas para suportar óleos sintéticos.

Em geral, existem três principais benefícios em trocar de convencional para sintético:

  • Reduzir os intervalos de troca de óleo
  • Remover depósitos de carbono em componentes internos do motor (como as válvulas cilíndricas)
  • Aumentar a vida útil do motor

Conforme você faz a mudança de convencional para sintético, é recomendável fazer isso progressivamente. Aqui estão algumas dicas para levar em conta:

  • Para a primeira mudança de óleo e filtro, troque de convencional para uma mistura convencional/sintético. Continue com a mistura convencional/sintético por pelo menos mais duas trocas de óleo.
  • Sempre substituía o filtro de óleo quando você faz uma troca de óleo.
  • Na terceira troca de óleo, mude da misture convencional/sintética para completamente sintético.

A única coisa que você não quer mudar é o peso ou viscosidade recomendados. Se o processo acima for seguido, supostamente é seguro mudar de regular para sintético ou usar uma mistura sintética, contanto que você utilize o mesmo peso de óleo.

PREOCUPAÇÕES SOBRE MUDANÇA PARA ÓLEO SINTÉTICO

A maioria dos veículos mais novos vão se adaptar às mudanças sem nenhum problema. No entanto, modelos mais antigos com quilometragem mais alta podem não se ajustar às mudanças. Suas vedações provavelmente são mais finas e desgastadas e você pode perceber que talvez eles comecem a queimar óleo conforme entre na câmara de combustão. O Castrol EDGE High Mileage é um óleo sintético especificamente projetado para motores com alta quilometragem, mas é importante consultar o manual do seu carro ou perguntar a um técnico confiável antes de fazer a troca no seu veículo.

E não importa qual tipo de óleo você utiliza, manutenção com trocas de óleo é essencial para estender a vida útil do seu motor. Siga as diretrizes do fabricante ou pergunte a um técnico com que frequência você deve trocar seu óleo com base na marca, no modelo e como o veículo é utilizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *