«

»

Comprou um carro usado? O que fazer?

Se você acabou de adquirir um carro usado, não pense que agora é só colocá-lo na rua. A primeira coisa a ser feita é uma revisão básica em vários pontos do carro. Não pense que, só porque você levou o mecânico de confiança na hora da compra, que seu carro está dispensado desse check-up. Várias peças de seu “novo” carro precisão passar por uma inspeção mais detalhada para certificar-se de que o veículo está em condições adequadas de rodagem. Aqui vão algumas dicas importantes que não devem ficar de fora na hora da revisão:

  • Comece pela troca de óleo. Deste item não tem como se escapar. Ninguém consegue saber se o antigo dono misturou óleo de marcas diferentes ou se há alguma sujeira no mesmo.
  • Não se esqueça de verificar o óleo de câmbio. Se o nível estiver baixo, complete. Alguns modelos de câmbios necessitam de troca de óleo a cada dois anos, verifique a periodicidade no manual do carro.
  • Troque todos os filtros do motor (óleo, ar e combustível). Um filtro sujo pode contaminar com impurezas o óleo. Já os filtros de ar e combustível novos, ajudam a melhorar os níveis de consumo e de desempenho do motor.
  • O sistema de freios deve ser todo revisado. Verifique o estado dos discos e pastilhas de freios, bem como o estado das lonas e panelas. O fluído de freio é como o óleo do motor, essencial para o perfeito funcionamento do conjunto e nunca é possível saber se o produto foi substituído ou se foi misturado com fluídos de outras marcas, ou de má qualidade.
  • Um teste nos amortecedores pode garantir a estabilidade e a segurança dos ocupantes. Aperte um dos cantos do carro com força para baixo e solte. Se ele balançar mais de duas vezes está na hora de trocá-los
  • Verifique se todas as lâmpadas estão funcionando. Isso evita acidentes e multas.
  • Mande conferir o alinhamento de direção e o balanceamento das rodas. Isso evita o desgaste precoce dos pneus, garantindo conforto e segurança ao motorista.
  • Verifique a calibragem dos pneus. Pressão incorreta nos pneus compromete a estabilidade, a dirigibilidade e o consumo de combustível, como dos próprios pneus.
  • Verifique o estado das correias do motor. Principal importância deve ser dada a correia dentada (se o veículo possuir). Se ela partir, você corre o risco de ficar a pé, além de um grande prejuízo, pois quando ela se rompe, na maioria das vezes o cabeçote fica comprometido, tendo que se proceder a uma retífica de válvulas.
  • Por fim, é adequado realizar uma boa regulagem do motor, conferindo ponto de ignição e o estado das velas.

Com todas essas dicas você terá a sua disposição um carro com poucas possibilidades de dar-lhe dores de cabeça por um bom tempo, sem contar o aspecto da sua segurança e daqueles que transitam com você.

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on TumblrShare on LinkedInPin on Pinterest

2 comentários

  1. Helerico

    De facto não se deve confiar no nosso bom mecanico, pior se for o primeiro carro.
    Eu comprei um carro usado recomendado por ele, pedi que me entrgasse o carro em condiçoes. trouxe uma relaçao de componetes a substituir no veiculo, tudo bem. dei os volores solicitados e no fim entregou me o carro dizemdo que esta tudo resolvido. so que 2 semanas depois o carro começa a ter serios problemas, desde alimentação, iluminação, etc
    Comecei a investigar o carro e descobro que muita coisa nao foi feita. neste momento esto a proceder com a revisão geral.
    a terminar agradeço as dicas e toda informação no site, ajuda bastante.

    um abraço

  2. luis fernando

    achei enteresante tudo q li.
    prencipalmente sobre direçao hidraulica.
    faz oito meses comprei meu primeiro carro usado.e a mesma historia de sempre o carro ta todo revisado.
    mentira! o antigo proprietario nao fez nada como quase todos faz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>