, , ,

Como o óleo lubrifica o motor

Dicas para manter o motor do seu veículo sempre lubrificado

Como o óleo lubrifica o motor?

Óleo é um fluido essencial para o motor do seu carro. Ele lubrifica as partes do motor e previne que o carro superaqueça. Trocar o óleo ajuda a estender a vida útil do motor.

Você com certeza sabe que óleo é importante para o seu motor, mas talvez você não saiba o porquê. Depois do combustível, o óleo é o fluido mais essencial do seu veículo e, sem ele, você não chegaria muito longe. A principal função do óleo é lubrificar e resfriar os componentes do seu motor. Entre combustão e atrito, motores geram bastante calor e o óleo ajuda a manter as coisas em andamento e previne o superaquecimento. Dada a importância vital do óleo, é importante entender como ele funciona e porque você nunca deveria ignorar um vazamento ou a luzinha que avisa quando precisamos verificar o óleo.

Para começar

Os motores geralmente suportam entre quatro e oitos litros de óleo, dependendo de seu tamanho e tipo. Quando seu carro está desligado, o óleo fica no coletor de óleo (também conhecido como reservatório), que normalmente está situado no fundo do motor. Assim que o motor é ligado, a bomba de óleo começa a funcionar, primeiramente levando o óleo pelo filtro onde acontece uma filtragem para remover contaminantes e partículas que podem danificar os componentes do motor.

Após o filtro, o óleo flui pelas galerias que passam entre o motor. Galerias são os tubos, canais e tubulações que asseguram que o óleo seja entregue a todos os componentes necessários. A cambota e os rolamentos são mergulhados em óleo e possuem galerias que passam através deles, mantendo-os frescos enquanto estão girando rapidamente. Buracos de jorro espirram óleo nas partes inferiores dos pistões, ajudando a controlar as temperaturas de combustão e reduzindo o atrito quando estão se mexendo para cima e para baixo nos cilindros. O óleo também lubrifica o eixo de comando, válvulas e molas das válvulas para manter tudo se movimentando suavemente.

A gravidade e o fluxo contínuo gerado pela bomba de óleo mantém o óleo se movendo pelo motor. Depois que o óleo é circulado pelo motor, ele é puxado através de outras galerias para o reservatório, onde passa novamente pelo filtro e recomeça o ciclo.

Reservatórios secos VS molhados

A maioria dos carros utiliza um reservatório molhado, mas alguns têm reservatórios secos. Um reservatório molhado é quando o coletor de óleo fica na base do motor e uma única bomba trabalha para mover o óleo pelas galerias. Um reservatório seco está localizado em outro lugar (especificamente não fica na base do motor), e utiliza pelo menos duas bombas para manter o óleo circulando. Existe maior flexibilidade ao design do reservatório quando ele não está localizado na base; no entanto, este sistema é mais caro e complexo de projetar e construir. Sistemas secos de coleta de óleo normalmente são encontrados em automóveis desportivos pois oferecem certos benefícios para motores que rodam acima do seu máximo de RPM ou que levam cargas pesadas.

Existe risco de danos se o seu motor está vazando ou queimando óleo. Uma condição de nível baixo de óleo significa que provavelmente não há óleo o suficiente para lubrificar todas as partes. Isso faz com que elas se desgastem mais rápido e sobreaqueçam com atrito. Óleo velho e sujo também não flui tão bem pelas galerias e pode deixar detritos em certas partes, portanto é importante trocar o óleo a cada 3.000 a 7.000 quilômetros rodados. Um técnico certificado da YourMechanic pode realizar a troca do seu óleo onde você estiver, utilizando óleo Castrol de alta qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *