, , , ,

Óleos para motores de alta milhagem valem o custo extra?

Os óleos para motores de alta milhagem valem o custo extra?

CARS.COM – A maioria das marcas de óleo vendem óleo produzido especificamente para motores que possuem mais de 75.000 milhas rodadas, afirmando que aditivos ajudam a reduzir o desgaste no motor e oferecem benefícios contra o envelhecimento. Frequentemente são uma mistura de óleos sintéticos e à base de petróleo, e normalmente custam pelo menos alguns dólares a mais por litro do que óleos convencionais. Mas será que valem o preço mais alto?

Alguns óleos podem ser mais benéficos do que outros porque eles contêm condicionadores cuja intenção é rejuvenescer selagens para prevenir ou impedir vazamentos de óleo, um problema comum em motores com muitas milhas rodadas.

Selagens e vedações internas se tornam frágeis e encolhem quando envelhecem, permitindo que o óleo passe a infiltrar. Às vezes isso se torna visível na forma de manchas de óleo no piso da garagem ou traços de óleo nas partes inferiores do motor. Quando as vedações de válvula se desgastam, o óleo pode vazar para as câmaras de combustão e o motor vai literalmente começar a queimar óleo. Com vazamentos pequenos, fumaça azul de óleo queimando pode não ser visível no exaustor, mas seu nível de óleo provavelmente vai ficar abaixo do nível regularmente.

Os condicionadores de selagem encontrados em alguns óleos de alta milhagem podem reduzir ou eliminar vazamentos pequenos e infiltrações através do rejuvenescimento das selagens para seu tamanho e formato originais. Se um motor não está queimando ou vazando óleo, ou se ele usa, digamos, menos de um litro a cada 6.000 milhas, mudar para óleo de alta milhagem pode não valer a pena para você. Na verdade, é uma questão de julgar se você deveria pagar mais por óleo de alta performance quando seu carro tem mais de 100.000 milhas rodadas mas está usando pouco e quase nada de óleo. Mal não vai fazer e pode prevenir o início de vazamentos. A maioria dos fabricantes de veículos diriam que é normal um motor consumir óleo entre as trocas de óleo.

Para além dos condicionadores de selagem, óleos de alta milhagem normalmente possuem mais detergentes projetados para limpar sujeira dentro do motor, e ainda outros aditivos para reduzir desgaste em partes móveis. Porém, todos os óleos fazem alegações semelhantes de que eles fazem grandes coisa dentro do motor.

Alguns mecânicos recomendam trocar para um óleo mais grosso (maior viscosidade) – como um 10W30 ao invés de um 5W20 – ou usar aditivos para sanar vazamentos de óleo. Óleo mais grosso torna o motor mais difícil de ligar em climas frios, reduz a circulação do óleo no motor e aumenta a pressão do óleo, o que significa que haverá mais pressão tentando passar o óleo pelas selagens e vedações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *