, ,

Como Fazer Manutenção Preditiva No Seu Carro

Manutenção de carro

Infelizmente nossos tão queridos automóveis quebram, afinal nada dura para sempre. Por um lado isso é bom já que isso faz tudo evoluir e surgir coisas cada vez melhores. Porem ficar com o carro ou com a moto quebrada se você faz uso desse meio para ir ao trabalho, levar as crianças à escola, fazer compras ou em caso pior, o seu transporte também é o seu ganha pão, isso representa prejuízo e perda de produtividade.

Seu carro não avisa quando vai quebrar, mas se bem observado avisa que o problema está chegando, assim você pode prever e evitar muitas dores de cabeça. Esse simples ato tem um nome, manutenção preditiva, observar os sinais de fadiga das peças e componentes do automóvel e solucionar antes mesmo que aconteça o problema.

Manutenção preditiva

O termo manutenção preditiva não é só encontrado no que se refere a automóveis, mas a quaisquer maquinas, seja elas as da sua casa, as de seu emprego ou as gigantescas da indústria. Como qualquer outra manutenção, o objetivo é manter a máquina funcionando 100%, porem essa se difere por antecipar ao problema e prever o tipo de defeito que pode apresentar.

A manutenção preditiva deve estar sem dúvidas em seu dia a dia, pois é sinônimo de economia, uma vez que você evita gastos com mecânico, peças e tempo.

Como fazer?

Certo, você já sabe o que é manutenção preditiva na teoria, e na pratica? Como fazer? Como garantir o bom funcionamento de meu carro, assegurar uma vida útil maior a suas peças e é claro economizar com isso?

Quando uma peça está se desgastando ela começa a dar sinais que alguma coisa não está indo muito bem e é que devem ser observados.

Se você faz uso diário de seu carro, você já deve conhecer seu comportamento, barulho e cada singularidade relativa a ele e qualquer mudança nessas características merece atenção. Viu alguma mudança e que tem algo acontecendo é melhor arregaçar as mangas e fazer o uso da manutenção preditiva. Uma coisa que se tem de levar em conta é que se você conhece um pouco de carros e manutenção você mesmo pode faze-la, caso contrário leve a um mecânico de confiança, pois são algumas etapas simples e não deve sair muito caro, mas reforçando leve a alguém de confiança, pois o mercado é cheio de picaretas, criadores de problemas que estão soltos por ai para literalmente, roubar seu dinheiro, mas se você não tiver tal mecânico uma segunda opinião já é de grande valia.

Qualquer um pode fazer

A manutenção em si

A manutenção se consiste em 4 estudos ou analises que são divididos em das vibrações, dos óleos, dos estados das superfícies e estrutural. Com essas 4 observações você poderá estar prevendo futuras manutenções, então atenção em casa uma delas:

  • Estudo das vibrações – O carro é formado por engrenagens, válvulas e x peças, que em funcionamento produzem vibrações que cada vez que é posto em funcionamento levam-nas a um processo de deterioração. Observando a evolução do nível de vibrações, é capaz de se dizer em que estado se encontra a peça especifica. Essas vibrações são detectadas por meio de aparelhos específicos e este aparelho empregado para a análise de vibrações é conhecido como analisador de vibrações. No mercado há vários modelos de analisadores de vibrações, dos mais simples aos mais complexos
  • Análise dos óleos – É por meio dessa análise que podemos ver se é hora de trocar o óleo de seu automóvel. Essa análise consiste tanto na parte hidráulica como mecânica, ressaltando que essa manutenção é de estrema importância para o carro.

Analise dos óleos

  • Análise do estado das superfícies – Essa análise pode ser simplesmente visual e é um complemento ao estudo das vibrações. Nessa etapa você observar as peças em si, observa se há desgastes ou anomalias que possam afetar o funcionamento futuramente, necessitara de manutenção ou mais importante causar um acidente.
  • Análise estrutural – É por meio da análise estrutural que se detecta, por exemplo, a existência de rachados, fissuras, trincas, vazamentos.

Vale lembrar sempre, que está manutenção pode ser feita por você mesmo, mas leve sempre ao mecânico conforme indicado a quilometragem pelo fabricante de seu veículo.

Muitas peças

Freios, Pneus, Cabos, motor, coifa, mangueira … são peças, muitas peças e todas merecem cuidado e serem observadas. Quando o assunto é veículos, sem dúvidas prevenir é melhor que remediar, pois os custos com manutenção são enormes além de prevenir possíveis panes e acidentes. Conhecer seu carro e um pouco de mecânica ira te ajudar a prever alguns problemas, mas sempre é bom o auxílio de um profissional de tempos em tempos.

Tarde de mais, o problema aconteceu e você nem percebeu? Temos um artigo para você sobre manutenção corretiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *