, ,

Descolamento do motor

Entenda o que é deslocamento do motor e o motivo de ser tão importante

O que é deslocamento do motor?

Deslocamento do motor é o volume varrido de pistões dentro dos cilindros. Deslocamento tem um impacto no aumento da força do carro e na eficiência do combustível.

 Deslocamento de motor é o volume varrido de pistões dentro do cilindro do motor. É calculado a partir do diâmetro dos cilindros, distância que os pistões rolam e o número de cilindros. Deslocamento é um fator importante, visto que tem um impacto direto na potência do motor, eficiência do combustível e, em alguns países, como o veículo é taxado.

Os pistões dentro de um motor se movem em um movimento recíproco, ou seja, para cima e para baixo dentro do cilindro ao passo que a cambota gira. O volume dentro de um cilindro muda conforme os pistões de movem através do ciclo de combustão. Simultaneamente, os outros cilindros mudam de volume conforme seus pistões se mexem pelas fases do ciclo de combustão. Portanto, enquanto o volume de cilindros individuais muda conforme a reciprocidade, o volume total do motor se mantem constante.

Como o deslocamento do motor é calculado

A equação para calcular deslocamento é: Deslocamento do motor = π/4 * diâmetro² * distância dos pistões * número de cilindros. Deslocamento normalmente é medido em litros (L), centímetros cúbicos (CC) ou polegadas cúbicas (CI).

Porque deslocamento do motor é importante

Deslocamento do motor é um fator determinante na força de cavalos e torque que um motor produz, bem como na quantidade de combustível que aquele motor consome. De forma geral, quanto maior o deslocamento de um motor, mais força ele consegue criar. Quanto mais baixo for o deslocamento, menor é a quantidade de combustível que ele consome. Isso acontece porque o deslocamento tem um impacto direto na quantidade de combustível que precisa ser puxado para o cilindro para criar força e manter a operação do motor. Um motor com alto-deslocamento puxa mais da mistura de ar/combustível por revolução; portanto, mais combustível é consumido. Outros fatores também determinam a força ou eficiência de um motor, como consumo de combustível, sistema de ignição, disposição do valvetrain, e indução forçada. Mas em termos mais simples, um motor maior vai ter mais potência e um motor menor vai ter mais eficiência.

Em alguns países, veículos são taxados com base no deslocamento do motor. Este não é o caso nos Estados Unidos, no entanto, de forma geral, motores de alto-deslocamento são mais caros pois demandam mais recursos e trabalho para projetar e fabricar.

No mercado automotivo de hoje, existe uma grande variedade de deslocamentos de motores disponíveis, desde motores de 4 cilindros que consomem pouquíssimo combustível a motores V8 potentes e motores V12 com mais de seis litros de deslocamento. Qual deslocamento é certo para você depende das suas prioridades. Se você estiver procurando um carro mais simples para uso cotidiano, um motor de baixo-deslocamento fornece uma ótima economia de combustível (também é bom lembrar que motores de baixo-deslocamento normalmente têm menos cilindros, o que significa que temos menos partes para trocar caso haja algum problema). Se velocidade é o que buscamos, um motor de alto-deslocamento provavelmente proporcionará potência o suficiente para te mandar satisfeito (embora que com indução forçada, fabricantes conseguem extrair força extra de motores menores). No fim das contas, o melhor é fazer um test drive quando estiver interessado em um carro novo, para ter uma boa ideia de como ele se comporta na estrada. Deslocamento está longe de ser a única coisa a ser levada em consideração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *